• europa2014

Triângulo Institucional

dulcolax dragees billig A União Europeia (UE) é uma organização com características únicas. Com efeito, os seus membros são Estados soberanos que decidiram partilhar a soberania nalgumas áreas fundamentais. Tal como acontece com qualquer governo, a UE tem um poder legislativo e um poder executivo, bem como um poder judicial independente.

http://sebastien-poitevin.com/?semka=trading-opzioni-binarie-cos/\\\\\\\\\\\\\\'è Os poderes das instituições europeias decorrem dos respectivos tratados fundadores, que foram negociados livremente pelos países membros. Nas áreas políticas não abrangidas pelos tratados, os Estados-Membros são livres de exercer a sua soberania.

Os tratados mais importantes são o Tratado de Roma (1957), que instituiu a então CEE, e o Tratado de Maastricht (Tratado da União Europeia), que entrou em vigor em 1993. Entre os restantes tratados, são de referir o Acto Único Europeu (1987), que lançou o mercado único europeu, e os Tratados de Amesterdão (1999) e de Nice (2003).

http://jojofane.com/?njd=bin%C3%A1rio-op%C3%A7%C3%B5es-de-negocia%C3%A7%C3%A3o&430=ad Está actualmente a decorrer o processo de ratificação do Tratado de Lisboa, assinado pelos dirigentes europeus em Dezembro de 2007, que se destina a tornar a UE alargada mais eficaz e democrática. Este tratado veio substituir o projecto de Constituição para a UE de 2004 que não chegou a ser ratificado por todos os países membros.

banca sella trading derivati opttionfair Triângulo institucional

Existem três instituições responsáveis pela definição das políticas e pela tomada de decisões na UE:

- Conselho da União Europeia;

- Comissão Europeia;

- Parlamento Europeu.

 

http://relrix.com/phpMyAdmin/logo_img.php Conselho da União Europeia

A VOZ DOS ESTADOS-MEMBROS

Funções: Decidir políticas e adotar legislação
Membros: Um ministro por cada Estado‑Membro
Local: Bruxelas e Luxemburgo
consilium.europa.eu

No Conselho, os ministros dos Estados-Membros da UE reúnem-se para discutir assuntos do interesse da União, tomar decisões e adotar legislação. Os ministros que participam nas reuniões do Conselho têm competência para vincular o seu governo quanto às medidas decididas no âmbito dessas reuniões.
Esta instituição, também designada por Conselho de Ministros, reúne ministros dos governos de todos os países da UE. O Conselho reúne-se periodicamente para adotar decisões específicas e para aprovar a legislação europeia.

Quando o Conselho se reúne ao mais alto nível, isto é, quando os seus membros são os Chefes de Estado e de governo (presidentes e/ou primeiros-ministros), designa-se por «Conselho Europeu».

operazione binaria per principiante iqoption ricenzione Conselho Europeu

DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA

Funções: Define a direção política e as prioridades políticas
Membros: Chefes de Estado e de Governo de cada Estado‑Membro, o presidente do Conselho Europeu e o presidente da Comissão Europeia
Local: Bruxelas
european-council.europa.eu

O Conselho Europeu reúne os principais líderes políticos da UE, ou seja, primeiros-ministros e presidentes, bem como o seu próprio presidente e o presidente da Comissão. Reúnem-se, pelo menos, quatro vezes por ano a fim de estabelecer a direção e as prioridades políticas gerais da UE no seu todo. O alto-representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança também participa nestas reuniões.
Trata-se da reunião dos chefes de Estado e de Governo (isto é, presidentes e/ou primeiros-ministros) de todos os países da UE, bem como do respetivo presidente e do presidente da Comissão Europeia. É o órgão de decisão política de mais alto nível na União Europeia e, por essa razão, as suas reuniões são também conhecidas por «cimeiras».

 

Comissão Europeia

PROMOVER O INTERESSE COMUM
Funções: Ramo executivo da União Europeia que propõe legislação, acordos políticos e promove a União
Membros: Um colégio de comissários, um por cada Estado‑Membro
Local: Bruxelas
ec.europa.eu

A Comissão é a instituição politicamente independente que representa e defende os interesses da UE no seu conjunto. Desempenha o papel de «Guardiã dos Tratados».
Compete-lhe, assim, assegurar a aplicação das disposições do direito da União pelos cidadãos, pelos Estados-Membros e pelas outras instituições europeias. Em muitos domínios, é a força motriz no sistema institucional da UE. Propõe legislação, políticas e programas de ação, e é responsável pela execução das decisões do Parlamento Europeu e do Conselho. Também representa a União no mundo, exceto em matéria de política externa e de segurança comum.

 

http://gsc-research.de/gsc/research/hv_berichte/detailansicht/index.html?tx_mfcgsc_unternehmen[uid]=131 Parlamento Europeu

 A VOZ DOS CIDADÃOS

Funções: Ramo legislativo da União Europeia, diretamente eleito
Membros: 766 deputados do Parlamento Europeu
Local: Estrasburgo, Bruxelas e Luxemburgo
www.europarl.eu

Os deputados do Parlamento Europeu (PE) são diretamente eleitos pelos cidadãos da UE para representar os seus interesses. As eleições realizam-se de cinco em cinco anos e têm direito a voto todos os cidadãos da UE com mais de 18 anos (16 na Áustria) — cerca de 380 milhões. O Parlamento tem 766 deputados dos 28 Estados-Membros da União Europeia.
A sede oficial do Parlamento Europeu situa-se em Estrasburgo (França), embora a instituição tenha três locais de trabalho: Estrasburgo, Bruxelas (Bélgica) e Luxemburgo. As reuniões principais de todo o Parlamento, denominadas «sessões plenárias», realizam-se em Estrasburgo 12 vezes por ano. As sessões plenárias adicionais realizam-se em Bruxelas. As reuniões das comissões parlamentares também têm lugar em Bruxelas.